Matuto no WhatsApp

Seu moço, que mal pergunto,
O Senhor pode dizer…
Esse tal de zap zap,
O que é que vem a ser?
Sou do tempo das cartinhas,
Dos bilhetes perfumados,
Mandados pelos Correios,
Trinta dias sem chegar.
Agora me deram um bicho,
Dentro do meu celular,
Que corre dum lado a outro,
Fofocando pra danar
Leva um recado e traz outro
Nem dá tempo de pensar.
 
Esse bicho que ganhei,
Do meu “fio” de presente;
É um bicho redondinho,
Mais parece uma semente;
Pula dum lado pro outro
Mas não vejo ele avoar
Quando leva uma mensagem,
Nem também vejo chegar.
É verdinho como folha,
Se parece uma gotinha
Bicho da “gota serena”
Credo, cruz, eu vou pirar.
Seu moço, acho que o bicho
É mesmo aqui do Nordeste
É ligeiro como a peste
E pra ser verde parece
Que come mandacaru
Ou então se alimenta
De palma e maxixe cru.
O bicho é muito safado
Pois não me deixa dormir
Com o seu cacarejado
Turututu , tirititi
E passa a noite comendo
Até mesmo a bateria
O cocô é numerado
Número de bola vermelha
Até amanhecer o dia.
Tenho de botar na carga
E limpar a porcaria.
Meu “fio” não me ensinou
Como é pra programar
Ou mesmo como soltar
Acabar com o cacarejo.
Seu moço leve daqui
Salve esse sertanejo
Faça dele o que quiser
Pode até matar o bicho
Isso é coisa do capeta
Que nenhum matuto quer.
 
Por Don Gegê

 


Anúncios

4 Respostas to “Matuto no WhatsApp”

  1. JOSÉ GERALDO DA SILVA Says:

    Obrigado, filho, por publicar.

  2. Mayara Says:

    Fantástico tio

  3. Maria Zilda Says:

    Dom Gegê é um Gênio.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: