Gestão de Projetos: uma nova forma de compreender e aprender

O desenvolvimento de técnicas e habilidades para a gestão ou gerenciamento de projetos é algo importante apenas para os setores de TI e Engenharia?

Quando pensamos em TI e Engenharia, o termo “projeto” parece ter mais sentido: afinal, os produtos destas duas áreas são desenvolvidos através de um conjunto de atividades que tem início, meio e fim. Mas não é assim também em todas as outras áreas?

Cada vez mais, em todas as áreas de conhecimento (e de atuação) o planejamento e execução de projetos têm sido inseridos na rotina das implantações e mudanças de setores, áreas, ou de toda a instituição.

Na área social, cultural, de esportes… apontar objetivos específicos, resultados e impacto mensuráveis deixou de ser um diferencial, tornando-se pré-requisito para aprovação de propostas de captação de recursos. Outros aspectos como governança, sustentabilidade, gestão de riscos, análise e gestão de stakeholders (partes interessadas) cada vez mais migram do diferencial para requisitos básicos.

Mas, seria diferente em outras áreas?

A implantação de um plano de cargos e salários, em um departamento de recursos humanos, requer um projeto com escopo, tempo e custo específicos, e com resultados delineados deste o princípio.

No setor administrativo, a mudança para um sistema de controle financeiro mais robusto e completo não pode ser feita sem um projeto que preveja riscos, problemas e impacto nos demais setores.

Até mesmo em áreas onde temos como fundamento o conceito de processos, podem (e irão) exigir o planejamento e execução de projetos. Tomemos como exemplo uma empresa de Telemarketing: seria necessário um projeto para alterar métodos de atendimento, rotinas, equipes, equipamentos, sistema…  muito bem elaborado e conduzido, para evitar impactos negativos ou a ocorrência de problemas (riscos) que inviabilizem os resultados esperados.

Os exemplos são intermináveis. Mas, a pergunta mais importante é: Qual metodologia de gestão de projetos devemos utilizar?

Não existe metodologia melhor ou pior, mais simples ou mais completa. Uma metodologia com mais ferramentas não é, necessariamente, a mais adequada para seu projeto, setor ou instituição.

O importante é focar nas competências necessárias para cada necessidade, para cada nível de projeto. Competências não apenas do gestor do projeto: os gestores e os membros integrantes da equipe do projeto necessitam desenvolver competências específicas de sua área de atuação / responsabilidade.

Pensando nisso, a Faculdade Batista de Minas Gerais oferece um MBA Executivo focado no desenvolvimento de competências essenciais para o planejamento, execução e gestão de projetos.

Alinhado com faculdades portuguesas, como a Universidade Autônoma de Lisboa, e conveniado com a APOGEP, o MBA traz como diferencial a inserção prática em todas as disciplinas, e na elaboração do trabalho de conclusão de curso. Já no início do curso serão formados grupos que deverão elaborar projetos (fictícios ou reais), defende-los diante de especialistas, e obter a aprovação ao final da especialização.

A escolha da metodologia deverá ser feita por cada grupo, de acordo com os requisitos do projeto. Sou responsável pela disciplina onde serão apresentadas as metodologias e boas práticas atualmente disponíveis no mercado, seus princípios básicos, ferramentas, e aplicabilidade para cada projeto.

Como integrante do corpo docente do curso, recomendo esta especialização para profissionais que pretendem atuar como gestores, planejadores, colaboradores, equipes, nas diversas áreas de atuação e conhecimento.

A seguir estão algumas informações sobre o curso:

Para mais informações, por favor, entre utilize o formulário do blog para enviar sua mensagem, entre em contato com o coordenador do curso, ou visite a página da Faculdade Batista de Minas Gerais.

Anúncios

Uma resposta to “Gestão de Projetos: uma nova forma de compreender e aprender”

  1. Severa do Carmo Says:

    Muito úteis as informações contidas neste post! Objetividade com direcionamento, indicações.
    Temos visto treinamentos que vêm como pacote para a gestão de projetos, acontece que não há pessoa que consiga em tão pouco tempo assimilar as necessidades todas neste campo, que se mostra complexo, exigindo que se conheça desde os conceitos até a execução em diferentes contextos.

    Obrigada!

    Vou espalhar!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: